Área Imprensa
Imprensa

Pedras semi-preciosas em bancadas e painéis trazem brilho e luxo à feira


Com dureza quase igual ao granito – podendo ser aplicada em bancadas de cozinha, painéis de parede, lobby de hotel, em bares e até emolduradas como obras de arte -, e translúcidas, as ágatas foram apresentadas em chapas durante a Vitória Stone Fair | Marmomac Latin America 2017.

Em cores que variam do azul, amarelo, branca, verde, vermelha e outras, os materiais atingem o denominado mercado de luxo e chegam a custar mais que três vezes que algumas rochas exóticas.

A Ferraz Brasil apresentou pela primeira vez sua coleção semi-preciosa Allure, com 12 materiais diferentes. “Produzimos as chapas, a partir da ágata e uma resina própria, e também fazemos o beneficiamento. É uma inovação e acreditamos que há mercado, sendo um material de altíssimo valor agregado”, explicou a responsável pelo Marketing da empresa Jéssica Marques.

Michel Wingler, gerente de exportação da Brumagran, conta que as chapas de ágatas já foram comercializadas para países como Estados Unidos, México, Guatemala, Canadá e Argentina, além do mercado interno. “A procura maior é pelos tons azul e natural. Começamos a comercializar há dois meses e o material pode ser aplicado em hall de elevador, bancadas e até casas noturnas devido ao seu efeito translúcido”, ressaltou.

Um dos pioneiros com as chapas de ágata no mercado brasileiro, o diretor-presidente da Itaseixos e da Mineral Brazil, César Ramos, conta que se encantou com o tipo de material ao visitar a Marmomac, na Itália, em 2003. Desde então ele começou a pesquisar sobre a produção das chapas – consideradas hoje as maiores do mercado, de 2,80 por 1,80 – e apresentou o produto em 2014, durante a Cachoeiro Stone Fair, em Cachoeiro de Itapemirim.

“Com dureza igual ao quartzito e granito, além de serem translúcidas, são peças muito demandadas nos Estados Unidos, Europa e Oriente Médio”, explicou, ao contar que nesta quinta-feira realizou uma venda de nove chapas para um cliente europeu. “As de tom azul representam 70% dos negócios”.

Ágata

Ágata é o nome dado a numerosas variedades de Calcedônia em faixas, um mineral da família dos Quartz, caracterizado pela sua finura de grão e brilho de cor. Normalmente se apresentam em camadas ou listras. Chamado o arco-íris da terra, as faixas concêntricas da ágata formam-se em quase cada cor que a terra pode produzir, incluindo uma forma incolor.

O Brasil é atualmente o maior produtor mundial de ágatas e suas minas estão localizadas na Bahia, Minas Gerais e no Sul do país. As primeiras minas foram descobertas em 1827, por imigrantes provenientes da região de Idar-Oerstein, na Alemanha. Com dureza sete, as ágatas perdem apenas para o diamante (10), estanho e jaspe, com nível oito.





Mais notícias: